Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

27.5.07

UMA SEMANA MEMORÁVEL

Por
Tereza Mourão


No dia 12 de maio de 2007 foi realizado O Primeiro Encontro dos Ipueirenses em Brasília, no Restaurante e Bar “Box 16” do conhecido empresário João Miranda Lima, ganhador do prêmio Empresário
do Ano 2007 aqui em Brasilia, situado na Multifeira da CEASA
(http://www.box16.com.br/).
Presentes ao evento estavam os seguintes convidados:
Embaixador Gonçalo de Barros Mello Mourão e sua esposa Maria Lúcia,
Francisco Braga Barbosa e esposa, criador do site www.ipueiras.com,
Jean Kleber Mattos, da UnB
Dalinha Catunda, poetisa ipueirense
Raimundo Nonato de Lima, o nosso “fireman”.
Raimundo Nonato Cordeiro
Carmen Mello Mourão (irmã de Tereza Mourão)
Benedita Ditosa Soares Mourão (prima de Tereza Mourão) e sua filha Ana Paula Mourão Pontes.
Lígia Maria Miranda Lima (esposa do empresário João Miranda).
Maria Raquel Paiva (minha amiga e fotógrafa oficial do evento).
Eliésio Belém Lima e esposa Maria do Socorro de Oliveira Lima.
Eu, Tereza Melo Mourão, meu filho Inácio Emiliano Melo Mourão Pinto e sua namorada Aline Ohara.
Quatro dias após, na quarta-feira, dia 16, o Senado Federal prestou homenagem póstuma ao escritor Gerardo Mello Mourão, falecido em 9 de março de 2007. O requerimento para realização da sessão foi feito pelo senador Inácio Arruda (PCdoB-CE). O evento foi acompanhado pelo filho do escritor, o embaixador e diretor do Departamento da América Central e Caribe do Itamaraty, Gonçalo Mourão além de representantes do corpo diplomático de México, Chile, Zâmbia, Japão e Portugal. Fizeram parte da Mesa os ex-senadores Abdias Nascimento e Mauro Benevides, além do ex-deputado Paes de Andrade.
Discursaram os senadores Inácio Arruda, José Nery , Paulo Paim e Cristovam Buarque.
Foi ressaltado que o homenageado, nascido em Ipueiras (CE), em 1917, e autor de livros como País dos Mourões e A Invenção do Mar, chegou a ser indicado ao Prêmio Nobel de Literatura em 1979. Também que obra mereceu a reverência de Carlos Drummond de Andrade, que chegou a afirmar que Gerardo foi o maior poeta brasileiro de todos os tempos. Além de poeta e escritor, ele também foi correspondente internacional, trabalhando na China, entre 1980 e 1982, e deputado federal.
Expressivo contingente de ipueirenses compareceu à solenidade, tomando assento no plenário no senado.
Na mesma tarde, às 18 horas, foi lançado na Biblioteca Luís Viana Filho do Senado Federal, o livro A Saga de Gerardo,Um Mello Mourão, do escritor cearense José Luís Lira. A obra constitui um relato biográfico do poeta, escritor, jornalista e político brasileiro Gerardo Mello Mourão que faleceu aos90 anos.
O autor tem marcado sua carreira por biografias de outros escritores, entre eles, Rachel de Queiroz, falecida em 2003, cujas obras caracterizam-se pela identidade com suas origens nordestinas.
Compareceram ao lançamento os senadores Inácio Arruda (PCdoB), Patrícia Saboya Gomes (PSBCE), Marco Maciel (DEM-PE), ex-senadores e deputados federais, o embaixador Gonçalo de Mello Mourão filho do escritor biografado, além de amigos e parentes de Gerardo Mello Mourão.
Coletei o depoimento de Dalinha Catunda, ilustre poetisa ipueirense, que veio do Rio de Janeiro onde reside, especialmente para participar dos eventos da inesquecível semana:

DALINHA CATUNDA: Cheguei a Brasília dia 16 de maio a convite de Tereza Mourão para as homenagens que seriam prestadas a Gerardo Mello Mourão.Dizer que fiquei contente é pouco, muito pouco. Na realidade me senti orgulhosa, de estar ali, na condição de ipueirense, lisonjeada em participar da história de minha terra, que ganhou o mundo no canto deste poeta que soube tão bem propagar nossa cidade: Gerardo Mello Mourão.

Tereza Mourão como toda boa anfitriã, organizou um encontro de ipueirenses no Box 16, Bar e Restaurante, do não menos ipueirense, o empresário Miranda, que acompanhado de sua esposa, a jornalista Lígia, faziam as honras da casa com uma alegria contagiante. Tereza foi a fada madrinha com sua varinha de condão a proporcionar-me momentos mágicos. A ela meus incansáveis agradecimentos.

Como prato principal foi servido um baião-de-dois acompanhado de carne seca e paçoca. Outras iguarias tão saborosas quanto o prato principal, faziam a alegria dos que prestigiavam o inusitado encontro. Neste encontro que antecedeu os encontros oficiais tinha, desde de simples mortais, a pessoas de renome, mas ali, em volta daquela mesa, "palestrando", comendo baião, éramos simplesmente cearenses na mais perfeita confraternização.

A simplicidade de todos abafou cargos e patentes que, por ventura pudessem, fazer a diferença. Membros do grupo http://www.ipueiras.com/ do qual participamos Tereza e eu, o criador e coordenador Braga, lá esteve com sua bela esposa. Por lá também passou o Raimundo Nonato e o Jean Kleber.

Atencioso, o embaixador Gonçalo de Barros Carvalho e Mello Mourão acompanhado de sua elegante e educada esposa, conversava com todos numa simplicidade que. não tenho dúvidas, é genética.

Não tenho como citar todos os mourões que lá estiveram, mas não poderia deixar de citar a presença de Inácio, filho de Terezinha com sua graciosa namorada, e outra filha de Tim Mourão, a Carmen Mourão ao lado de sua prima Ditosa.

Marcou presença também, Raquel, uma paulista que se apaixonou pelo Ceará, o casal Eliéser e Maria e tantos outros que certamente serão relembrados nos demais comentários.

Quero agradecer a Tereza Mourão pela hospitalidade, pelo carinho, pela atenção e a Jean Kleber, estendendo os agradecimentos a sua formidável família que me encanta a cada novo contato, aos amigos e amigas que me abraçaram, enfim, a todos os que de alguma forma contribuíram para que este meu passeio se tornasse inesquecível para mim.
_____________________________________________
Foto 1: Jantar de Confraternização no Box 16
Foto2: Ipueirenses convidados na Sessão do Senado, com assento nas cadeiras dos senadores.
_____________________________________________

Tereza Mello Mourão é funcionária aposentada do INSS. Pertence à nobreza ipueirense, lá sendo nascida filha do histórico e saudoso prefeito Tim Mourão. Tereza é uma grande incentivadora da união dos ipueirenses dispersos no planeta. Sua ação se dá sempre no sentido de aproximar os conterrâneos e promover os valores da Ipueiras-Ceará.

2 Comentários:

Blogger Sílvia Câmara disse...

Linda homenagem. E muito bonito isso de juntar os conterrâneos.
Parabéns a Tereza.
P.S. Sou cearense também, mas vivo na Bahia há 25 anos.

1.6.07  
Anonymous Tereza Mourão disse...

Obrigada Silvia e seja bem vinda a este blog de um cearense e prof. de agronomia da UNB, que é tudo de bom. Caso lhe interesse visite também o site de uma amiga e conterrânea além de uma poetisa nota 10, Dalinha Catunda http://www.cantinhodadalinha.blogspot.com/ lá também vc poderá deixar comentários. Caso queira entrar em contato comigo me escreva para terezamm2002@gmail.com
Forte abraço

1.6.07  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial