Suaveolens

Este blog foi criado por um cearense apaixonado por plantas medicinais e por sua terra natal. O título Suaveolens é uma homenagem a Hyptis suaveolens uma planta medicinal e cheirosa chamada Bamburral no Ceará, e Hortelã do Mato em Brasília. Consultora Técnica: VANESSA DA SILVA MATTOS

Minha foto
Nome:
Local: Brasília, Distrito Federal, Brazil

Cearense, nascido em Fortaleza, no Ceará. Criado em Ipueiras, no mesmo estado até os oito anos. Foi universitário de agronomia em Fortaleza e em Recife. Formou-se em Pernambuco, na Universidade Rural. Obteve o título de Mestre em Microbiologia dos Solos pelo Instituto de Micologia da Universidade Federal de Pernambuco. Também obteve o Mestrado e o Doutorado em Fitopatologia pela Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisador colaborador da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasília.

20.5.07

NA LEI HÁ MUITAS LACUNAS


Por
Ângela Gurgel


Na lei há muitas lacunas
E delas não podemos fugir
Mas não podemos de forma alguma
De nossos direitos desistir.

Se a lei é incompleta
Completa deve ser nossa atitude
De buscar de forma correta
Solução para essa incompletude.

Nenhuma lacuna pode ficar
Quando se trata de nossos direitos
Busquemos em qualquer lugar
Corrigir logo esse defeito.

Se a norma desfavoreceu
Aos direitos já garantidos
Há muitos meios permitidos
Para julgar o que a lei esqueceu.

Que se faça analogia,
Busque-se a hermenêutica
É preciso desfazer a aporia
E garantir que a justiça seja feita.

Nenhuma lacuna é insolúvel
Se houver desejo do magistrado
Em resolver a caso analisado
Pois ele sabe que o direito é mutável.

Seja ela própria, relevante, real
Oculta, descoberta, material,
Normativa, irrelevante, ontológica
Ou mesmo de ordem axiológica.

O direito deve garantir em toda situação
Que a justiça, independente das lacunas na lei,
Seja assegurada a quem de direito
Mesmo o sistema de normas não sendo perfeito.
_________________________________________

Foto do Palácio da Justiça em Brasília : guia4rodas.abril.com.br
_________________________________________

Ângela M. Rodrigues de Oliveira P. Gurgel, poetisa, nasceu em Mossoró-RN, tendo vivido em outras cidades do Rio Grande do Norte (Almino Afonso, Caraúbas, Caicó e Natal) e do Pará (Tucuruí e Marabá). Atualmente mora em Mossoró-RN. Graduada em Ciências Sociais, cursa atualmente Filosofia na UERN (Universidade do Estado do RN) e Direito na UnP (Universidade Potiguar). Já exerceu o cargo de Secretária de Educação em Caráubas, onde também foi Diretora de uma escola de Ensino Médio.

2 Comentários:

Anonymous Calinha Datunda disse...

Na lei há muitas lacunas,
concordo e posso afirmar,
Mas existe uma lei suprema
difícil de se burlar,
é a justa lei de Deus,
que proteje os filhos seus,
sem perigo de falhar.
Dalinha Catunda

21.5.07  
Blogger Jean Kleber Mattos disse...

Ângela Gurgel, poetisa, estréia assim no "Suaveolens". E o comentário em versos da poetisa Dalinha Catunda valoriza sobremaneira sua estréia. Esse blog vai longe...!

21.5.07  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial